Facebook Ads: O que é e Como Usar


Quando o assunto é rede social, imagino que o exemplo que logo vem a sua cabeça é o Facebook, certo? Afinal, o Facebook é a maior rede social do mundo.

Portanto, se você busca interagir com seu público-alvo, aumentar suas vendas, fidelizar seus clientes, atingir potenciais compradores e garantir o reconhecimento da sua marca, saiba que deve começar a anunciar agora mesmo na rede social.

Nesse contexto, torna-se cada vez mais importante incluir na estratégia de marketing digital campanhas de Facebook ads. Acompanhe o post abaixo e entenda o que é e como usar o Facebook Ads.

Boa leitura!

O que é Facebook Ads?

O Facebook Ads é uma ferramenta que permite criar anúncios de diversos tamanhos e tipos e atingir um determinado público-alvo para promover uma marca ou produto.

Os anúncios feitos através do Facebook Ads são aquelas publicações de páginas que você não curte e que aparecem com a tag “promovido” abaixo do nome.

Com a ferramenta você pode impulsionar posts para que alcancem uma audiência muito maior, de forma a trazer um retorno positivo.

Além disso, é possível criar anúncios mais eficazes devido à segmentação do público de acordo com suas características e interesses, o que garante que seu investimento seja direcionado às pessoas com maior chance de conversão.

Trata-se de uma plataforma fundamental para quem quer atingir novos públicos, tornar sua marca conhecida e obter mais interações.

Como funciona o Facebook Ads?

Os anúncios do Facebook possuem diversos formatos.  Confira:

  • Vídeo: um dos formatos mais preferidos para chamar a atenção do público com sons e movimentos.
  • Imagem: as imagens precisam ser de alta qualidade para direcionar as pessoas para sites ou aplicativos.
  • Coleção: se trata de várias imagens em um único post. É mais utilizado para mostrar produtos e estimular as compras.
  • Carrossel: você pode postar até 10 imagens ou vídeos em um mesmo anúncio, cada um com seu link.
  • Apresentação multimídia: usado para contar uma história através de movimento, som e texto.
  • Canvas: é uma opção que oferece uma experiência em tela cheia otimizada para celulares e tablets, ou seja, dispositivos móveis.
  • Anúncios de geração de cadastro: é um formato que ajuda na coleta de dados das pessoas interessadas na sua empresa. Ele é um anúncio seguido de um formulário de cadastro.
  • Ofertas: se trata de anúncios de ofertas e descontos que podem ser exibidos como uma imagem, vídeo ou carrossel.
  • Envolvimento com a publicação: impulsionamento das publicações para gerar mais curtidas, comentários, compartilhamentos e visualizações.
  • Participações no evento: são anúncios usados para promover o reconhecimento do seu evento e gerar participações.
  • Curtidas na página: é um tipo de anúncio usado para levar os usuários a curtir sua página.

Vale ressaltar que é possível criar campanhas no Facebook Ads com diferentes objetivos, por isso é importante saber com clareza qual a sua meta, como mais curtidas na página, visitas ao site, visualizações de vídeos, compartilhamento de posts, aumento dos seguidores, entre outros.

Após isso, é necessário decidir qual público seu negócio deseja atingir. É possível segmentar Facebook ads por localização, idade, gênero, interesses etc. Esses dados não devem ser ignorados.

Basicamente, os anúncios do Facebook são direcionados à audiência tomando como base suas informações de localização, dados demográficos e de perfil.

Focar o público certo, que potencialmente terá interesse pelo seu negócio, é essencial para que uma campanha de Facebook ads seja bem-sucedida.

Quer aprender o passo a passo de como criar uma campanha no Facebook Ads? Leia: Como anunciar no facebook: como ter resultados no facebook

Para que os anúncios chamem a atenção, é importante se atentar ao:

  • Título – É o primeiro contato do usuário com o seu conteúdo, então é necessário que ele seja atrativo e clicável.
  • Imagem – Invista em uma imagem que expresse exatamente a ideia do anúncio e que seja atraente.

Procure utilizar palavras-chave objetivas e, se possível, ofereça algum tipo de vantagem para a apresentação daquela publicidade, como descontos e ofertas.

E nunca se esqueça de colocar um call-to-action. Exemplos:

  • Clique para saber mais
  • Confira essas dicas
  • Descubra como, entre outros.

Depois de criar um anúncio, você define um orçamento e oferece um lance para cada clique ou mil impressões que sua campanha receberá.

Leia também: Marketing Digital: o que é, estratégias, como fazer (2020)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados