Google Shopping: O que é e como funciona essa ferramenta?


Embora não seja um método muito utilizado, o Google Shopping é um serviço que tem como objetivo comparar e exibir produtos de diversas lojas virtuais, dando ao usuário do Google a possibilidade de encontrar um produto diretamente pela busca tradicional.

Ele funciona como uma vitrine online de produtos, e faz a ligação entre consumidor e lojista. Sendo assim, essa ferramenta é fundamental para atrair tráfego e gerar mais vendas para seu e-commerce.

No post de hoje vamos falar sobre como usar o Google Shopping para atrair leads, aumentar os lucros e impulsionar o sucesso do seu negócio.  

Acompanhe!

O que é Google Shopping?

O Google Shopping é um dos inúmeros serviços do Google, voltado para empresas.

Ele nada mais é do que uma vitrine virtual de produtos das lojas cadastradas. É como se fosse um shopping online mesmo.

Isso significa que se você fizer uma busca por algum produto, o Google poderá apresentar uma vitrine de anúncios daquele produto específico, com os preços para que você possa comparar.

Esses anúncios são particularmente eficazes, porque eles mostram uma imagem de alta qualidade do produto, assim como o preço desse produto.

Ele executa funções muito parecidas com o Buscapé ou o Zoom. A diferença é a sua integração direta ao Google, ou seja, dependendo da busca feita, os produtos do Google Shopping aparecem nos resultados patrocinados de pesquisa.

Além disso, o Google Shopping também possui uma página própria. Sendo assim, as pessoas podem procurar produtos de acordo com sua categoria, marca ou usar o campo de busca para fazer uma pesquisa mais focada.

Antigamente, era possível utilizar o serviço do Google Shopping em modo gratuito e em modo pago.

Atualmente, para que a sua loja virtual apareça nos resultados do Google Shopping, você precisa pagar pelo serviço.

Como funciona o Google Shopping?

Ao realizar uma busca, o usuário pode escolher entre clicar diretamente em um dos produtos exibidos, e aí comparar entre os anunciantes que tem o melhor preço, mais avaliações positivas, etc.

Ou então clicar em “Resultados no Google Shopping para o termo pesquisado” – neste caso, ele será redirecionado para uma página com os diversos produtos relacionados à sua busca.

Ao fazer isso, ele poderá utilizar o menu lateral para filtrar os resultados conforme inúmeras opções, como preço, cor, estilo, tamanho, etc.

Por isso, é muito importante que, na hora de cadastrar os seus produtos, você forneça o máximo de informações possíveis sobre ele.

Atualmente, os resultados de busca do Shopping aparecem integrados à busca natural do Google, geralmente com um destaque maior, sendo impressos no topo da página.

Alguns exemplos de informações que serão atribuídas ao seu produto:

  • Identificadores exclusivos dos produtos (Pode ser a SKU);
  • Nomes dos produtos;
  • Descrições dos produtos;
  • Páginas de destino na loja;
  • URLs das imagens principais e adicionais;
  • Disponibilidade dos produtos;
  • Data limite de exibição do produto;
  • Preços promocionais;
  • Parcelamentos;
  • Medidas e dimensões;
  • Categorias dos produtos definidas pelo Google e por você;
  • Nome da marca, etc.

Qual a diferença entre Google Shopping e Google Ads?

O Google Shopping Ads aparece quando o consumidor está buscando um produto no Google ou como anúncios em outros sites.

Mas, diferente das campanhas feitas no Google Ads, que você escolhe palavras-chave para posicionar sua loja ou site nos resultados de busca, no Shopping Ads você configura seu produto e o próprio Google define quais as palavras são relevantes para seu anúncio.

O formato de cobrança é o CPC (custo por clique), que o anunciante definirá quando for configurar a campanha.

Como anunciar no Google Shopping?

Para anunciar no Google Shopping é preciso ter uma conta no Google Merchant Center (a central de anunciantes do Google). O que não é difícil!

O importante é ter o conhecimento para criar campanhas efetivas e que tenham ROI (retorno sobre o investimento) positivo, como em qualquer outra estratégia de marketing digital.

O passo a passo de como anunciar no Google Shopping inclui:

  1. Criar uma conta no Google Merchant Center;
  2. Criar e enviar um feed de dados (XML);
  3. Aguardar a liberação/aprovação dos produtos;
  4. Configurar a campanha no Google Adwords.

Uma dica é usar essa mesma conta para o Google Analytics, dessa forma, será muito mais fácil mensurar os resultados das campanhas.

Ao realizar esses passos, o anunciante estará apto a exibir seus produtos no Google Shopping.

Lembrando que a aprovação do feed de produtos (XML) não é automática, portanto, planejar o tempo que se vai gastar com toda a configuração é importante para não perder as oportunidades de campanhas.

Vantagens do Google Shopping

Agora que você já sabe o que é e como funciona o Google Shopping, separamos algumas das principais vantagens da ferramenta para divulgar seus produtos:

  • Maior tráfego para sua loja virtual;
  • Leads mais qualificados, o que aumenta as chances de conversão, já que eles já têm certo interesse no produto buscado;
  • Mais conversões, o que garante maior lucratividade;
  • Maior presença nos sites de buscas, já que sua marca poderá estar presente tanto no Google Shopping quanto em anúncios;
  • Monitoramento detalhado da performance dos seus produtos.

Dicas para suas campanhas no Google Shopping

Agora você já entendeu os benefícios de uma campanha no Google Shopping, há algumas boas práticas na hora de programar o anúncio de seus produtos. Confira:

Otimize a descrição dos produtos

Os atributos relacionados ao seu produto irão definir se ele é ou não relevante para a pesquisa do usuário.

Portanto, inclua o máximo de informações sobre o produto.

Aproveite este espaço para criar um texto interessante e otimizado, valorizando suas características e diferenciais.

Use imagens para se destacar

No Google Shopping aparece a foto do produto pesquisado, além de outras informações relevantes para o público. Porém, uma das grandes vantagens do Google Shopping é o apelo visual.

Por isso, coloque uma foto de qualidade e que chame a atenção para o seu produto. Afinal, é como se fosse a vitrine de uma loja no shopping, não é mesmo?

Utilize o Limite de 5.000 Caracteres

O Google Merchant Center permite que você cadastre uma descrição bastante completa para o seu produto, com no máximo 5.000 caracteres.

É um bom espaço para escrever um texto publicitário capaz de convencer o usuário a clicar no seu anúncio. Procure utilizar todo o limite para transmitir as informações mais relevantes.

Não gaste dinheiro com cliques não relacionados ao seu negócio

Apesar do Google Shopping não considerar a palavra-chave para apresentar seu anúncio, você pode excluir potenciais desperdícios de verba.

Isso significa que você pode segmentar seu público, negativando palavras-chave que seriam buscadas por eles.

Para excluir as palavras-chave da sua campanha, você deve negativá-las. No Google AdWords, você tem a opção de incluir diferentes palavras-chave como negativas, em quaisquer campanha.

Assim, toda vez que o usuário buscar por um termo que contenha a palavra-chave negativa, o seu anúncio não irá aparecer. Com isso, você poderá economizar muito mais!

Como vimos, o Google Shopping é uma das melhores alternativas para aumentar as vendas de sua loja virtual.

Além disso, ele também oferece relatórios essenciais para o seu entendimento sobre a performance da campanha, e o seu desempenho em relação à concorrência.

E você? Já criou sua campanha no Google Shopping?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados