Palavras-Chave: Entenda Como Escolher As Ideais Para SEO


A seleção de palavras-chave é uma etapa de extrema importância na sua estratégia de SEO. Afinal, as palavras-chave são utilizadas pelos usuários ao fazer uma pesquisa, mas também pelos sites que desejam ter um bom posicionamento nas páginas que aparecem no Google.

No post de hoje, você vai entender o que são palavras-chave e como fazer a escolha para sua empresa. Acompanhe!

O que são palavras-chave?

As palavras-chave, “keywords” (do inglês), são as buscas feitas no Google e em outras ferramentas de busca destinadas a encontrar informações, serviços ou produtos específicos. As palavras-chave também são chamadas de frases-chave ou frases.

Por exemplo, imagine que o usuário quer encontrar uma academia perto de sua casa. Ele vai buscar no Google os termos “academia no Tatuapé”.

Assim, o buscador vai disponibilizar os melhores resultados, e as academias que estiverem bem posicionadas com essa palavra-chave e corresponderem a essa pesquisa, serão as que o usuário verá logo de cara em sua busca.

Ou seja, ao trabalhar com as melhores palavras-chave relacionadas ao seu negócio, além de mais acessos em seu site, o Google considera sua página como positiva e eleva a pontuação do seu domínio para um bom posicionamento nas páginas de busca.

Veja abaixo as vantagens de selecionar as palavras-chave corretamente:

  • Maior visibilidade da sua página no Google;
  • Aumento do tráfego valioso para o seu site;
  • Aumentar o interesse em seus produtos ou serviços;
  • Aumento do número de consultas de clientes em potencial;
  • Aumento nas vendas;
  • Reconhecimento da sua marca no mercado;
  • Vantagem competitiva (apresentando-se como um especialista em sua área).

Quais são os tipos de palavras-chave?

Existem alguns tipos de palavras-chave, mas as principais são as long tail e as head tail. Confira:

Long Tail

A long tail pode ser traduzida como cauda longa, então as palavras de long tail são mais longas e objetivas, que exprimem melhor a intenção de busca do usuário.

Esse tipo de palavra-chave garante os melhores resultados e costumam ser formadas por mais de duas palavras, sendo mais específicas e nichadas. Por exemplo, “vestidos longos para casamento” é uma long tail.

Vale lembrar que os termos longos costumam ter menor volume de busca e menor concorrência.

Confira as principais características deste tipo de palavra-chave:

  • Menor tráfego orgânico, mas extremamente qualificado;
  • Conteúdos mais direcionados a um ponto específico;
  • Melhores para esclarecer dúvidas rapidamente;
  • Ideal para conversão de visitantes em leads.

Head Tail

O termo head tail quer dizer “cauda curta”, ou seja, significa as palavras-chave com apenas uma ou duas palavras, no máximo, que traduzem de forma bastante genérica e abrangente o seu negócio.

Portanto, seu volume de busca costuma ser grande e, por outro lado, a concorrência também é maior. Por exemplo, “vestidos” é uma head tail.

Logo, ao usar as palavras head tail você deve levar em consideração na sua pesquisa:

  • O volume de tráfego sempre é maior, mas a concorrência também acompanha este enorme volume;
  • A grande concorrência aumenta a necessidade de criar conteúdos completos, relevantes e aprofundados;
  • A necessidade de monitoramento do conteúdo é constante para atualizações;
  • Apesar do grande volume de tráfego orgânico, ele costuma ser menos qualificado;
  • São extremamente genéricas.

Confira também: CHECKLIST DE SEO PARA CONSEGUIR TRÁFEGO ORGÂNICO NO SEU SITE E ALCANÇAR A PRIMEIRA PÁGINA DO GOOGLE

Como escolher a palavra-chave ideal?

Agora vamos a algumas dicas de como escolher as palavras-chave ideais para o seu negócio. Acompanhe!

Pense na sua persona

É fundamental que você pense primeiro em sua persona antes de selecionar as palavras-chave.

Isso porque a persona é uma personificação do público baseada em dados reais sobre características demográficas e comportamentais dos consumidores, bem como suas histórias pessoais, objetivos, desejos, preocupações, necessidades, motivações e desafios.

Elas são criadas para ajudar a compreender melhor quem é o cliente e do que ele precisa para oferecer as soluções mais adequadas para seu problema ou necessidade.

Volume de busca

Também é necessário considerar o volume de busca (quantidade de vezes em que o termo é procurado na internet) das palavras-chave dentro do seu segmento.

Nesse quesito, quanto maior o volume de buscas, melhor. Não existe um número certo para determinar se uma keyword vale a pena ou não.

Porém, qualquer número acima de 1.000 faz sentido, e qualquer volume inferior a 100 pode ser considerado menosprezável (dependendo da sua intenção).

Além do volume de busca, é preciso equilibrar com a competição da palavra. Isso porque uma palavra-chave de muito volume de busca, mas com grande competição pode não ser tão boa ao seu negócio, inclusive pode até prejudicar no seu ranqueamento.

CPC

O CPC é o “custo por clique”. É uma forma de cobrança de anúncios do Google.

Em resumo, basta saber que as palavras-chave com CPC mais alto tendem a ser mais concorridas, por serem mais valorizadas pelas empresas.

E para descobrir o CPC de uma palavra-chave, existem várias ferramentas que você pode utilizar, como o Google Keyword Planner.

Intenção de compra da palavra-chave

Ao selecionar a sua lista de palavras-chave, você precisa fazer um filtro para chegar àquelas que mais se relacionam ao seu produto e quais terão maior chance de render vendas.

Essa é a intenção de compra, ou seja, a intenção do usuário que está digitando aquele termo no Google.

Leia também: Marketing Digital: o que é, estratégias, como fazer (2021)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Mercado digitalMercado digital

Com as constantes mudanças e avanços tecnológicos que acontecem em todo o mundo, novas tendências são criadas e impactam diretamente a economia, a política, a comunicação e até a maneira