Tráfego orgânico ou patrocinado: em qual investir?


Uma das questões mais frequentes para quem está começando a investir em estratégias de marketing digital é sobre qual a melhor forma de conseguir tráfego para o site: tráfego orgânico ou pago?

Ambas trazem resultados, mas veremos no post a seguir quais são as principais diferenças, vantagens e desvantagens de cada uma, para que você possa analisar e entender qual delas é a melhor opção para o seu negócio.

Acompanhe!

O que é tráfego orgânico?

O tráfego orgânico consiste num conjunto de ações para atrair clientes sem precisar investir em anúncios pagos. Por meio das técnicas de SEO (Search Engine Optimization), você consegue otimizar suas páginas para um melhor posicionamento nos mecanismos de busca, como o Google.

Ou seja, no tráfego orgânico, os visitantes chegam à sua página de forma espontânea, através de suas pesquisas e de indicações. Para isso, é necessário dedicar tempo para a produção de conteúdos relevantes e trabalhar com as palavras-chave relacionadas ao seu negócio.

Mas lembre-se, o tráfego orgânico garante resultados de médio a longo prazo e as práticas de SEO devem ser realizadas com constância para que seu site esteja sempre num bom ranqueamento.

Vantagens do tráfego orgânico

  • Você não precisa pagar por clique ou para ser exibido;
  • É um trabalho de longo prazo: os resultados podem demorar um pouco, mas serão contínuos, pois uma página otimizada dificilmente perde a relevância e qualidade conquistada;
  • Aumento do volume de tráfego no site;
  • Sua empresa ganha mais autoridade e credibilidade do público.

O que é tráfego pago?

No tráfego pago, como o próprio nome já sugere, você precisa pagar para ser visto e atrair clientes ao seu site. Geralmente, as campanhas de tráfego pago são desenvolvidas no Google Ads, pois a ferramenta permite que você crie anúncios realizando uma segmentação precisa do público e trabalhe com as palavras-chave mais relevantes para sua audiência e seu nicho de mercado.

Vantagens do tráfego pago

  • O resultado é imediato, pois os anúncios são exibidos por quem está procurando pelo que você oferece;
  • Palavras-chave que são muito concorridas na busca orgânica podem ser compradas;
  • Seu site ou páginas são exibidos em posição de destaque nas páginas de busca;
  • Na Rede de Display, sua empresa aparece com destaque em sites com conteúdos relacionados;
  • Você pode pagar apenas quando o usuário fizer o clique, independentemente da quantidade de exibições que teve.

Tráfego orgânico ou tráfego pago? Qual o melhor?

A resposta para essa pergunta é: depende! Isso porque dependendo dos objetivos da sua empresa, cada uma das estratégias será a melhor opção.

Por exemplo, caso deseje resultados a longo prazo, o tráfego orgânico é o mais considerável a escolher, mas se você quer alcançar resultados imediatos em uma campanha, o melhor é investir no tráfego pago.

Porém, você também pode utilizar as duas estratégias ao mesmo tempo, usando o tráfego orgânico para ganhar mais credibilidade ao longo tempo e o tráfego pago para garantir resultados imediatos em campanhas específicas.

Leia também: Marketing Digital: o que é, estratégias, como fazer (2021)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados