Tudo sobre Mark Zuckerberg: Conheça o dono do Facebook


Mark Zuckerberg (36) é o cofundador e CEO do Facebook, a maior rede social do planeta. Em 2012, o Facebook adquiriu o Instagram e, em 2014, comprou o WhatsApp, um aplicativo de troca de mensagens por celular.

Mas você já se perguntou como tudo isso começou?

Neste post, vamos contar para você um pouco mais da trajetória do Mark Zuckerberg, o jovem que revolucionou as redes sociais, fazendo com que o seu site se tornasse um dos mais populares do mundo.

Acompanhe!

Quem é Mark Zuckerberg?

Mark Elliot Zuckerberg, nascido em 14 de maio de 1984 em White Plains (Estado de Nova York, Estados Unidos), se tornou famoso por ser um dos fundadores do Facebook, onde é atualmente CEO.

Filho de uma psiquiatra e um dentista, Mark foi criado junto de suas três irmãs. Desde criança, ele já era considerado um garoto prodígio.

Enquanto na Ardsley High School ele se destacou em arte e cultura, ao ser transferido para Phillips Exeter Academy, ele ganhou diversos prêmios em astronomia, matemática e física.

Inclusive, nessa mesma época, ele já havia demonstrado interesse pela tecnologia, tendo criado o “ZuckNet”, uma espécie de aplicativo de mensagens instantâneas que permitia a comunicação entre os computadores de sua residência e o consultório de seu pai. 

A reputação de prodígio o seguiu após a entrada na Universidade de Harvard em 2002 nos cursos de ciência da computação e psicologia.

 Já no segundo ano criou o seu primeiro programa, o CourseMatch, e em seguida o Facemash.

O Facemash foi criado sem intenção comercial, mas virou um sucesso na universidade devido ao uso dos “Face Books”, os livros com a foto e o nome de cada estudante que viviam no dormitório estudantil, que mais tarde serviria de ideia para a criação do Facebook.

Qual é a formação do CEO da maior rede social do mundo?

Apesar de ter entrado para o curso de ciências informáticas em Harvard, o jovem não chegou a concluir a graduação tendo abandonado o ensino formal em 2004, no segundo ano de faculdade, para se dedicar ao Facebook integralmente.

Ele seguiu o mesmo caminho de Bill Gates e Steve Jobs, que também deixaram os estudos para investir em seus inventos.

Embora não tenha se formado pela instituição, Zuckerberg chegou a receber um diploma honorário doze anos depois de deixar Harvard, quando foi convidado para discursar na cerimônia de formatura da turma de 2016.

No Facebook de Mark, o criador partilhou uma foto ao lado dos pais no dia 25 de maio de 2017 ostentando o seu diploma com a legenda: “Mom, I always told you I’d come back and get my degree.” (“Mãe, eu sempre disse que iria voltar e pegar o meu diploma”).

Como Mark Zuckerberg inventou o Facebook?

A história de criação do atual Facebook é até então controversa.

É tanto que polêmica da invenção do Facebook se tornou conhecida por causa do livro “Bilionários por Acaso”, que mais tarde foi adaptado para o filme “A Rede Social”.

A atualização do Facemash, que saiu do ar, para o Facebook começou em 2004.

Entre os sócios que ajudaram a melhorar o produto estavam Dustin Moskovitz, Chris Hughes e Eduardo Saverin.

Zuckerberg começou a trabalhar com seus amigos em um site que permitia aos alunos de Harvard, onde eles estudavam, criar seus perfis, subir algumas fotos e se comunicar com outras pessoas da universidade.

O primeiro nome desse site, “The Facebook”, era uma referência aos livros que trazem nomes e fotos de todos os alunos de uma determinada turma.

Após investimentos, o Facebook abriu para pessoas em geral em 2006. Ele começou a ganhar mais com o produto quando incluiu ali o Facebook Ads, que gerava receita com publicidade.

Ao longo de sua história, o Facebook teve várias polêmicas envolvendo seus ex-sócios. Além da autoria questionada.

Porém, independente disso, todos os participantes receberam muito dinheiro pela invenção da rede social.

Afinal, logo o Facebook se tornou a maior rede social do mundo.

Em julho de 2018, a empresa ainda era a quinta mais valiosa do mundo, com valor de mercado acima de US$ 500 bilhões.

O sucesso fez de Mark Zuckerberg uma das pessoas mais ricas e influentes do mundo (Forbes, 2018), com um patrimônio avaliado em US$ 75,7 bilhões de dólares em janeiro de 2018.

10 Fatos e curiosidades sobre Mark Zuckerberg – Dono do Facebook

  1. De origem judaica, o dono do Facebook fez seu Bar Mitzvah (rito de passagem que os meninos judeus têm aos 13 anos de idade para marcar sua maturidade) com o tema do Star Wars, além de sua data de aniversário coincidir com a de George Lucas, criador do Star Wars.
  2. Mark é poliglota e fala fluentemente francês, hebraico, latim, grego antigo e mandarim, além do inglês.
  3. Com uma família de empreendedores, o CEO do Facebook também aposta no ramo de designer de joias. Foi ele quem desenhou a aliança de sua esposa, avaliada em 25 mil dólares.
  4. Zuckerberg é daltônico para as cores vermelha e verde, por este motivo o Facebook é todo baseado em tons de azul.
  5. Seu maior ídolo é Bill Gates. Além disso, Mark e sua esposa já são grandes filantropos, assim como Gates, que doa parte de sua fortuna para instituições de caridade.
  6. Sua citação preferida é de Albert Einstein: “Faça as coisas do modo mais simples possível, mas não simplista”.
  7. Ele é vegetariano.
  8. A esposa dele também é uma grande filantropa. Em 2013 foi a americana mais generosa do mundo. Ela doou 18 milhões de ações do Facebook para um fundo sem fins lucrativos do Vale do Silício. Este volume de ações equivaliam, na época, a quase 1 bilhão de dólares.
  9. Já reparou que ele parece estar sempre com a mesma roupa? Pois é, Mark confirmou ter várias camisas iguais: “Eu quero realmente limpar minha vida para fazer o mínimo de decisões possível sobre o que não tenha relação com a melhor forma de atender esta comunidade. Estou nessa posição muito privilegiada de poder acordar todos os dias e ajudar a atender mais de um bilhão de pessoas. E sinto que não estou fazendo meu trabalho se gasto qualquer das minhas energias em coisas bobas ou frívolas sobre minha vida”. Além disso, suas camisas repetidas têm os ícones do Facebook.
  10. Se você acha que ele era do tipo que jogava futebol na escola, errou feio. Mark foi capitão da equipe de esgrima no ensino médio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados